sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

SISU 2022 - Uesc Oferta 1.746 Vagas em Todos os Cursos de Graduação

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) oficializou sua adesão ao Sisu - Sistema de Seleção Unificada, da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (Mec), em 2022, e disponibilizará vagas em todos os cursos de graduação da Instituição. Segundo informações da Gerência de Seleção e Orientação (Geseor), a oferta é de 1.746 vagas. O Termo de Adesão ao Sisu para 2022 foi assinado pelo reitor Alessandro Fernandes de Santana em dezembro do ano passado. Do total de vagas, 839 são de Ampla Concorrência e 907 de Ações Afirmativas. O edital do processo seletivo para o preenchimento das vagas ofertadas encontra-se em fase de conclusão. Para mais informações preliminares, acesse o Termo de Adesão ao SiSU 2022.

Unilever faz doação para famílias atingidas pelas chuvas na Bahia

A Unilever doou 30 toneladas de produtos de higiene e limpeza e alimentos não perecíveis para as cidades atingidas pelas chuvas na Bahia. O objetivo é levar solidariedade e esperança às famílias desabrigadas. A ação é realizada em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA) e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA). Os colaboradores da Unilever também estão participando da campanha. Os funcionários podem comprar cestas com produtos disponíveis em um canal interno, que ganhou um recurso exclusivo voltado para as doações. As entregas ocorrem ao longo do mês de janeiro. “Nossas marcas, diariamente, fazem parte da vida de 2,5 bilhões de pessoas no mundo e sabemos que essa abrangência, que conquistamos ao longo de 100 anos de existência, é diretamente proporcional à responsabilidade que temos em liderar movimentos coletivos da sociedade, que transformem e sejam positivos para as pessoas e para o planeta. Prestar a ajuda necessária às famílias necessitadas é parte dessa nossa missão. A Unilever acredita em fazer o bem hoje por um mundo melhor amanhã, e esse é nosso foco em todas as ações que desenvolvemos e continuamos tocando”, afirma a gerente de advocacy de sustentabilidade na Unilever Brasil, Juliana Abreu. A Unilever é uma das líderes mundiais em produtos de beleza e cuidados pessoais, cuidados com a casa e alimentos, com produtos vendidos em mais de 190 países. A companhia tem 149 mil funcionários e possui mais de 400 marcas.

Bahia manterá congelamento de ICMS sobre combustíveis por mais 60 dias

A despeito da insistência na disseminação de fake news por parte de representantes políticos que buscam confundir a opinião pública, o Governo do Estado da Bahia continua com o congelamento dos preços de referência para o ICMS dos combustíveis por mais 60 dias e faz os seguintes esclarecimentos: Não houve alteração das alíquotas de ICMS para combustíveis na Bahia. As frequentes altas registradas nas bombas decorrem da política de preços da Petrobras, que gera a maior parte da sua produção em território brasileiro, com custos em reais, mas insiste em dolarizar os valores praticados para o mercado interno, o que tem resultado em frequentes reajustes dos combustíveis e em forte pressão inflacionária. A Petrobras precisa explicar esta política à população brasileira, que tem sido extremamente penalizada pela escalada nos preços. Na expectativa de que o Governo Federal e a Petrobras promovessem a revisão da política de preços da empresa, os estados estabeleceram o congelamento por 90 dias, a partir de 1º de novembro de 2021, dos valores de referência sobre os quais incide a cobrança do ICMS dos combustíveis. Desde então, os preços continuaram aumentando e a gasolina, por exemplo, já é vendida hoje nos postos baianos pelo valor médio de R$ 6,90. Enquanto os preços ao consumidor continuaram subindo, tanto a alíquota quanto o preço de referência para cobrança do ICMS permanecem congelados. O congelamento se encerraria no dia 31 de janeiro, o que levou alguns estados a tomar a iniciativa de enviar novas tabelas com ajustes nos valores de referência ao Confaz – Conselho Nacional de Política Fazendária. Este não foi o caso da Bahia, que permaneceu com a tabela original do início de novembro. Nesta quinta-feira (27), em reunião do Confaz, os estados decidiram demonstrar mais uma vez boa vontade, prorrogando por mais 60 dias o congelamento, na esperança de que o Governo Federal possa fazer a sua parte, com a adoção de soluções estruturais para a estabilização dos preços dos combustíveis. A atual situação só está beneficiando a Petrobras e seus acionistas: a empresa registrou lucro líquido de R$ 135 bilhões e receita líquida de R$ 393,4 bilhões em um ano. Para se ter uma ideia, a receita líquida da Petrobras em doze meses equivale a quase oito vezes o orçamento do Estado da Bahia, que presta serviços a 15 milhões de baianos.
Enquanto não se chega à solução para o problema, é preciso tomar cuidado com as notícias falsas que infelizmente seguem sendo disseminadas. É lamentável que a população brasileira ainda tenha de conviver com este tipo de postura. Trata-se de um evidente desserviço ao interesse público em uma sociedade que já vem sendo castigada nos últimos anos por sucessivas dificuldades econômicas agravadas pela pandemia.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Uesc realiza colação de grau por mediação tecnológica Solenidade aconteceu nesta quinta-feira


Em conformidade com a Resolução 26/20, do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), a Universidade Estadual de Santa Cruz tem realizado colações de grau por mediação tecnológica, de acordo com a programação definida pelos colegiados de cursos juntamente à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd). Nesta quinta-feira, dia 27 de janeiro, o reitor Alessandro Fernandes de Santana presidiu a outorga de grau on-line dos formandos das turmas dos cursos de Agronomia, Geografia (Licenciatura e Bacharelado) e Medicina Veterinária, com a participação do representante da Pró-reitoria de Graduação, professor Eduardo Silva Palmeira, do diretor do Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais (DCAA), e do professor George Rego Albuquerque. Também participaram a coordenadora do Colegiado de Geografia, professora Ednice de Oliveira Fontes Baitz, a vice-coordenadora do Colegiado de Medicina Veterinária, professora Fabiana Lessa, a representante do curso de Agronomia, professora Antônia Marlene Magalhães, e o Secretário Geral de Cursos em exercício, Luis Frank Costa Ferreira. A programação de colações de grau no modo virtual prossegue no dia 2 de fevereiro, às 9 horas, para os formandos dos cursos de Administração, Economia, Direito, Biologia (Licenciatura e Bacharelado), Licenciatura em Biologia EAD e Enfermagem. No mesmo dia, às 4 horas, as Licenciaturas em Filosofia, História, Ciências Sociais e Pedagogia. No dia 3 de fevereiro, às 9 horas, serão contemplados os cursos de graduação em Matemática (Licenciatura e Bacharelado), Física (Licenciatura e Bacharelado), Química (Licenciatura e Bacharelado), Ciência da Computação e as Engenharias (Produção, Civil, Mecânica, Química e Elétrica). Em seguida, às 14 horas, os Bacharelados em Línguas Estrangeiras Aplicadas (LEA) e Comunicação Social e a Licenciatura em Letras. Já no dia 8 de fevereiro, às 9 horas, será a vez do curso de Medicina. Na oportunidade, o reitor Alessandro Fernandes parabenizou aos novos bacharéis e licenciados pela conclusão de seus cursos e destacou os esforços que a instituição tem adotado para manter as atividades acadêmicas no contexto da Pandemia da Covid-19. Presencial – Por outro lado, a Uesc já reiniciou a outorga de grau presencial com solenidade, conforme Resolução Consu 15/2021, que determinou o retorno presencial das atividades administrativas e acadêmicas. A primeira solenidade de colação de grau presencial, nessa nova fase, ocorreu no último dia 18, com a colação de grau do curso de Bacharelado em Enfermagem. A próxima colação de grau presencial acontece nesta sexta-feira, dia 28 de janeiro, Auditório Paulo Souto, às 19 horas, contemplando os cursos de Agronomia, Filosofia, Geografia - Bacharelado e Licenciatura, Ciências Sociais e Engenharia Elétrica. Para realização da solenidade presencial de outorga de grau, a Instituição utilizará apenas 50% (315 lugares) da capacidade de ocupação do Auditório Paulo Souto, a fim de garantir o distanciamento social. Seguindo protocolos de biossegurança, é exigido a todos os participantes da solenidade o uso da máscara de proteção contra o coronavírus e acomodação apenas nas poltronas livres para assento.

Estudantes de Araci trabalham na criação de protótipo não invasivo para controle glicêmico de diabéticos

Com a finalidade de promover uma alternativa mais confortável ao paciente diabético, voltada ao automonitoramento constante de seus níveis glicêmicos, os estudantes do curso técnico de nível médio em Análises Clínicas, do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Sisal II, localizado em Araci, estão trabalhando no projeto ‘Protótipo não invasivo para controle glicêmico a partir do fluido salivar’. O projeto conquistou o 1º lugar na categoria ‘Ciências Exatas e Engenharia’ e venceu as categorias ‘Reconhecimento Científico: Menção Honrosa’ e ‘Reconhecimento Científico: Projeto Inovador’, na 9ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), realizada de forma on-line, em dezembro de 2021. A estudante Isla Santana, 17, destacou a importância de participar do projeto. “Além de desenvolver um método confortável, a ideia do projeto surgiu também da possibilidade de conseguir ajudar as pessoas diabéticas que não possuem uma estabilidade financeira, já que os dispositivos mais usuais de automonitoramento glicêmico costumam ter um valor um pouco elevado. Ter a oportunidade de contribuir com a Ciência e atuar em algo que traz benefícios à saúde pública e que pode melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas não têm preço”. Flávio Rafael de Oliveira, 17, que também atua na pesquisa, comentou obre o diferencial do projeto. “É de extrema importância haver uma alternativa confortável e mais natural para as pessoas diabéticas e, por isso, estamos tentando dar a simplicidade de volta à vida dessas pessoas. Para mim, não existe prêmio melhor que possa dar essa contribuição à sociedade. Queremos que nosso protótipo seja democrático e que todas as pessoas que têm diabetes possam ter acesso a ele. A Ciência existe para isso, para o bem da humanidade e tem como objetivo melhorar a vida das pessoas. Poder contribuir para esse objetivo é como um presente, o melhor que eu poderia pedir”. Já a orientadora Pachiele Cabral ressaltou o alcance social do projeto. “A pesquisa está possibilitando colocar em prática os conhecimentos adquiridos no decorrer do curso. Orientar o trabalho é uma oportunidade ímpar, por toda a sua relevância social em possibilitar qualidade de vida aos indivíduos diabéticos ao conseguirem medir seus índices glicêmicos a partir da saliva, não havendo necessidade de furos na derme, diariamente, na coleta de sangue”. Fonte: Ascom/SEC

Armas, munições e acessórios são aprendidos com alvos de operação que apura homicídios em Pontes e Lacerda

Um arsenal de armas e munições, além de equipamentos acessórios como carregadores e um silenciador foram aprendidos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (26.01), durante o cumprimento de mandados judiciais na Operação Letífero, que apura cinco homicídios ocorridos em Pontes e Lacerda. Três pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito ou proibido. Parte das munições de diversos calibres foi apreendida em Rondonópolis, na casa de familiares de um policial militar, que é investigado por suposto envolvimento nos homicídios e também alvo de mandado de busca. Um cunhado do policial está entre os detidos em flagrante. Na residência alvo das buscas, a Polícia Civil apreendeu 230 munições cal.22 intactas; 63 munições cal.357 ogival, intactas e 33 munições cal.357 expansivas também intactas; além de 50 cápsulas dos calibres 38 e 357, carregadores, bala clava, luvas pretas, roupas camufladas e celulares. Ainda em Rondonópolis, as equipes policiais cumpriram um mandado de prisão de um policial militar, apontado como o principal alvo das investigações conduzidas pela Delegacia de Pontes e Lacerda para apurar os cinco homicídios ocorridos entre 2019 e 2021. Outras duas prisões em flagrante ocorreram em Nova Lacerda e Pontes e Lacerda, onde foram apreendidas armas de vários calibres, dezenas de munições, um silenciador, além de objetos e roupas camufladas na residências do pai e de um irmão do militar preso.
Operação Letífero - Foram cumpridos 16 mandados judiciais nas cidades de Rondonópolis, Pontes e Lacerda e Nova Lacerda. A operação contou com apoio nas buscas das Delegacias Regionais de Rondonópolis e de Primavera do Leste, Polícia Rodoviária Federal, Politec, Polícia Militar, Gefron, Cioaper, Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil e das unidades da Regional de Pontes e Lacerda. O principal alvo é um policial militar que já trabalhou na região da fronteira. Os alvos das buscas também são investigados por suspeita de envolvimento com os homicídios, entre eles, outros três policiais militares. A delegada Bruna Caroline Laet, responsável pela operação, explica que os exames de balística comprovaram que os disparos efetuados nas cinco vítimas saíram da mesma arma de calibre 9mm. “A princípio, esses crimes ocorreram mediante pagamento, mas a Polícia Civil segue com as investigações para chegar ao possível ou possíveis mandantes”, observou a delegada de Pontes e Lacerda. Conforme a investigação, que contou com um trabalho minucioso do Núcleo de Inteligência da Delegacia de Pontes e Lacerda, o principal suspeito seguiu um padrão para a execução dos homicídios. A Polícia Civil apurou que ele saiu de Rondonópolis e seguiu até Pontes e Lacerda utilizando com transporte motocicletas de média cilindrada. Os veículos usados estavam em nome de terceiros e ele fez vigilância para escolher o melhor momento de execução das vítimas, utilizando para os crimes uma pistola calibre 9mm. A investigação apontou ainda que em apenas um dos homicídios, o suspeito adotou outro modus operandi em razão da dificuldade de encontrar a vítima fora de sua residência e da possibilidade de reação, já que a vítima possuía armas de fogo.

PGE participa de diálogo com o Movimento de Luta Por Moradia Popular (MLMP)

O Procurador do Estado lotado na Procuradoria do Patrimônio e da Defesa Ambiental, Francisco Sales, e o Chefe de Gabinete da PGE-RN, Thales Dantas, participaram na manhã desta quarta-feira (26/01) de uma reunião com a presença do Secretário-Chefe do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves, e os titulares da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), Iris Oliveira, e da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano (CEHAB), Pablo Thiago, para tratar de demandas oriundas do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP). Dentre as pautas abordadas na reunião estavam a regularização fundiária urbana de imóveis com objetivo de garantir a construção de habitações populares, bem como a realização de estudo jurídico pela Procuradoria do Patrimônio e da Defesa Ambiental (PPDA) e da Gerência do Cadastro do Patrimônio Imobiliário do Estado (GCPI) para solucionar a situação da Ocupação Marcos Dionísio, no bairro do Planalto, em Natal/RN.

Polícia Civil autua enfermeira que se passava por médica em Beberibe

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) autuou em flagrante, nessa segunda-feira (24), uma enfermeira de 35 anos, suspeita de receitar e realizar exames se passando por médica e usando nome de outro profissional da área da saúde, no município de Beberibe – pertencente à Área Integrada de Segurança 18 (AIS 18) do Estado. Com base nas informações policiais, ela, que é proprietária de uma clínica, está sendo investigada ainda por furtar e falsificar possíveis receituários com nome de um médico, que trabalha em um hospital da região. As equipes policiais iniciaram as diligências após serem informadas, por meio de um Boletim de Ocorrência (BO), acerca de uma mulher de 35 anos, proprietária de uma clínica e suspeita de consultar pacientes e receitar medicamentos sem a formação profissional para tal atuação. Ainda com base nos levantamentos investigativos, ela teria usado receituário com o nome de um médico da região, que segundo a Polícia Civil, não trabalha na clínica e sequer mantinha contato com a enfermeira. Diante do fatos, a mulher, que já possui antecedentes criminais por lesão corporal dolosa, foi localizada e conduzida à Delegacia Municipal de Beberibe. Na unidade, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por exercício ilegal da profissão foi lavrado em seu desfavor. Agora, as investigações acerca do caso continuam, a fim de identificar se de fato a mulher falsificou ou furtou os receituários do citado médico.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Inscrições abertas para o Desafio Tecnológico de fomento ao manejo sustentável da lavoura cacaueira

Inscrições abertas para o Desafio Tecnológico de fomento ao manejo sustentável da lavoura cacaueira
Concurso irá subsidiar em até R$ 100 mil projetos que desenvolvam soluções tecnológicas para o Inventário Florestal no Manejo Sustentável da Cabruca. Já pensou em receber R$ 100 mil para desenvolver uma solução tecnológica voltada para o Manejo Florestal Sustentável? Então, essa pode ser a sua grande oportunidade. Participe do Desafio Tecnológico realizado pelo Sebrae e pelo Sistema Faeb/Senar e concorra a mentorias, cursos e um aporte de até R$ 100 mil para colocar o seu projeto em prática. Inscrições abertas no site www.DesafioTecnologico.com.br/InventarioFlorestal até o dia 07 de março. Podem participar startups, empresas de tecnologia, grupos e instituições de pesquisa que tenham interesse em buscar soluções tecnológicas para o manejo sustentável do Sistema Cabruca.
Subsídio - O programa vai beneficiar os 3 primeiros colocados com: viagem para capacitação, conexão e entendimento dos desafios a serem enfrentados; viagem para teste prático da solução; passagem, hospedagem, mentorias e acesso aos produtores, cursos específicos e um aporte de até R$ 100 mil para o desenvolvimento da solução tecnológica.
Regulamento - Acesse o regulamento completo do Desafio Tecnológico no site www.DesafioTecnologico.com.br/InventarioFlorestal , faça sua inscrição e boa sorte!

Prazo para regularização do Simples Nacional é ampliado para 31 de março

Os donos de pequenos negócios que estão com débitos com o Fisco terão mais tempo para regularizar a situação fiscal da empresa com o Simples Nacional, sistema de tributação que desburocratiza e reduz a carga tributária. O Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) decidiu ampliar o prazo para a regularização para o dia 31 de março. Pela regra anterior, o prazo se encerraria no último dia útil desse mês. A decisão foi proferida na primeira reunião em que o Sebrae participou do colegiado, com assento fixo conquistado após a aprovação da lei que criou o MEI Caminhoneiro. “Nesse período de muitas dificuldades, aumentar o prazo para a regularização do Simples significa proteger as pequenas empresas e manter o funcionamento da economia e da geração de empregos. Os empresários estão, há dois anos, enfrentando os impactos da pandemia e essa medida traz um alento para que eles obtenham mais tempo para organizar suas finanças, acertar os seus débitos e, assim, se manterem no regime de tributação simplificado”, destacou Jorge Khoury, superintendente do Sebrae Bahia. O Sebrae continua trabalhando para que o Congresso Nacional derrube, na volta do recesso parlamentar, o veto feito pelo presidente Jair Bolsonaro ao PLP 46/2021, que prevê a criação do Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (RELP). Dados da Receita Federal revelam que 1,8 milhão de empresas estão inscritas na dívida ativa da União por débitos do Simples Nacional, das quais 160 mil são microempreendedores individuais (MEI). O valor total dos débitos do Simples Nacional inscritos na dívida ativa da União é de R$ 137,2 bilhões. De acordo com a 13ª pesquisa de Impacto do Coronavírus nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, 66% das empresas estão endividadas, sendo que 28% encontram-se inadimplentes, o que compromete seriamente a recuperação desses negócios.
Transação tributária - Para as empresas que estão inscritas na Dívida Ativa, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) publicou, na terça-feira (11), a Portaria 214/2022, que instituiu o Programa de Regularização Fiscal de Débitos do Simples Nacional inscritos em dívida ativada União até 31/01/2022. O prazo para adesão ao novo Programa de Regularização Fiscal de Débitos do Simples Nacional, criado pela portaria 214/2022, termina no próximo dia 31 de março. O
Programa permite ao MEI e à MPE optante do Simples Nacional, que foram afetadas pela pandemia, melhores condições de desconto e parcelamento, como entrada de 1% do valor total do débito, dividido em até oito meses. O restante pode ser parcelado em até 137 meses, sendo cada parcela determinada pelo maior valor entre 1% da receita bruta do mês imediatamente anterior e o valor correspondente à divisão do valor consolidado pela quantidade de prestações solicitadas.
Orientação - O Sebrae está realizando uma campanha de orientação para apoiar os donos de pequenos negócios na renegociação de suas dívidas. A mobilização está sendo feita no horário dos principais programas jornalísticos dos canais de TV abertos e fechados, além das emissoras jornalísticas de rádio. A campanha lembra que os empreendedores optantes do Simples Nacional e que tiveram a empresa desligada desse regime de tributação porque não conseguiram pagar os impostos, têm até o dia 31 de janeiro para pedir o reenquadramento. A campanha alerta que a volta ao Simples é o primeiro passo para renegociar as dívidas com a Receita.

Professor da Uesc representará o Brasil na Copa América de Triathlon

O professor Alberto Barretto Kruschewsky, do Departamento de Ciências da Saúde (DCS), da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), foi selecionado para representar o Brasil como Delegado Técnico da Copa América de Triathlon, que acontece em Vina Del Mar, no Chile, no dia 13 de fevereiro de 2022. O docente é Oficial pela Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), e possui certificação Nível 2 pela World Triathon, que inclui a atuação em eventos internacionais. No Chile, Alberto Kruschewsky será o representante junto à PATCO (responsável pelas competições de Triathlon nas Américas) e ao Comitê Local da Federação Chilena nas atividades de concepção, organização e execução da Copa, que tem como principal evento a categoria Elite, cujos atletas pontuam para o ciclo olímpico de Paris. O professor também já representou Ilhéus - cidade onde reside - e o Brasil como triatleta na década de 90 em diversas competições internacionais realizadas, por exemplo, no México, Cuba, Estados Unidos, Austrália, Suiça e Canadá. Em 1997, sagrou-se Campeão Brasileiro na categoria 30 a 34 anos. Desde 2012, atua como Oficial Técnico, inclusive como Facilitador da CBTri, na formação de Oficiais e Delegado Técnico em eventos do Campeonato Brasileiro de Triathlon. Na World Triathlon, Kruschewsky está concluindo a certificação para atuar como Mentor da instituição, ajudando aos oficiais que têm potencial para desenvolver o esporte. Na Uesc, foi criado um Projeto, em parceria com a CBTri, que certifica alunos e egressos dos cursos como Oficiais da modalidade, o que facilita a atuação dos certificados nas competições nacionais. O Projeto possibilitou, inclusive, a participação de três alunos, além do docente, na Olimpíada do Rio 2016, e proporcionou a introdução de uma disciplina na seção de Tópicos Especiais, do curso de Educação Física, durante a qual os graduandos aprendem as diversas etapas de organização de eventos multiesportivos.

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Polícia Civil indicia laboratório e proprietário do estabelecimento por crime ambiental após descarte irregular de coletas de sangue em Cascavel

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) identificou e indiciou o proprietário de um laboratório de análise clínica, suspeito de descartar os materiais de resíduos hospitalares, como tubos para exames de sangue, em via pública. Os produtos foram encontrados em um terreno situado no município de Cascavel – Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) do Estado. Tanto o proprietário, quanto o estabelecimento foram autuados pelo crime previsto no Art. 54 § 2⁰ V da lei 9605, da lei de crimes ambientais. Os investigadores da Delegacia de Cascavel receberam uma denúncia da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Cascavel, no último dia 06 deste mês, relatando que em um terreno baldio, situado no bairro Jardim Primavera, havia cerca de dois galões de 20 litros com vários tubos de coleta de sangue. Ao se deslocarem para o local citado, os policiais civis já identificaram o material exposto. De imediato, um inquérito policial foi instaurado a fim de identificar de onde seria e quem havia jogado os produtos em local inapropriado. Após um trabalho de inteligência, os agentes conseguiram identificar que os materiais pertenciam ao laboratório Rodrigues de França, tendo como proprietário o homem identificado como Flamisson França Araújo, 39 anos. Diante dos fatos, a Polícia Civil concluiu o inquérito policial e, nesta terça-feira (25), indiciou o estabelecimento e o proprietário por crime ambiental. Todo o material foi recolhido por policiais civis com apoio de uma equipe Secretaria de Saúde do município de Cascavel e encaminhados à Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), que fará perícia e descartará o material de forma adequada. O delegado Josafat Filho, titular da Delegacia de Cascavel, explicou que a responsabilidade criminal da Pessoa Jurídica (no caso específico, do laboratório) só é possível em crimes ambientais. “É obrigação do laboratório dar o destino final correto, conforme a lei, aos resíduos produzidos. A empresa, na sua atividade, não agiu corretamente, por ato de seu sócio diretor, motivo pelo qual foi indiciada”, explicou o delegado.

Empreendedores de municípios atingidos pelas chuvas têm até sexta-feira (28) para solicitar crédito emergencial

Empreendedores baianos impactados pelas chuvas têm até a próxima sexta-feira (28) para solicitar o crédito emergencial do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). Os interessados devem procurar as prefeituras dos municípios que sofreram com as enchentes no final do ano passado. “Não pode ser uma pessoa que foi atingida indiretamente, mas as pessoas que foram atingidas diretamente pelas chuvas. O objetivo é específico e voltado para recuperar a economia dos municípios prejudicados pelas enchentes. Já temos mais de mil solicitações de empréstimo, portanto, é um valor considerável que o Governo do Estado está disponibilizando, ultrapassando R$ 20 milhões”, explicou o titular da Setre, Davidson Magalhães. Em algumas cidades, o serviço é realizado nas unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). As concessões de financiamento emergencial permitem parcelamento em até 48 meses, incluindo carência de até 12 meses para pagamento da primeira parcela, sem juros para valores até R$ 150 mil. Após as verificações e avaliação simplificada de crédito, os contratos são elaborados e enviados para assinatura dos comerciantes e prestadores de serviço, que poderão utilizar os recursos para reconstruir suas atividades. “O crédito emergencial foi uma iniciativa importante do Governo do Estado para recuperar a atividade econômica, especialmente do comércio, da área de serviços, das indústrias e daqueles microempreendedores, até da economia informal, que foram bastante atingidos, que perderam seus produtos e tiveram avarias importantes nos seus estabelecimentos. Na modalidade acima de R$ 150 mil, o acréscimo é de apenas a taxa da Selic, portanto, uma condição completamente especial”, completou o secretário. Repórter: Lina Magalí

Paraense suspeito de extorsão é autuado pela 2ª vezes em menos de 20 dias após ameaçar comerciantes no Ceará

Em menos de 20 dias após ser identificado por equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), um homem de 29 anos, suspeito de tentar aplicar golpes contra uma mulher no município de Quixadá, foi novamente pegue praticando o mesmo crime. O alvo, que se encontra preso em uma unidade prisional em Pernambuco, foi flagrado nesta segunda-feira (24), tentando cometer o mesmo crime, desta vez, contra uma vítima no município de Aracati – pertencente à Área Integrada de Segurança 18 (AIS 18) do Estado. Segundo informações colhidas por policiais civis do Ceará, o homem identificado como Luan Wagner Martinez Silva (29), natural do Pará, mas que se encontra preso no Estado de Pernambuco, tentou aplicar mais uma vez um golpe contra uma mulher em Aracati. Ele já havia sido identificado no dia 6 deste mês, pela PC-CE, quando tentava cometer a mesma ação criminosa contra uma outra vítima em Quixadá. Conforme as investigações, em ambas tentativas criminosas, Luan Wagner conseguiu o contato dos seus alvos por meio das redes sociais que continham informações iniciais de suas possíveis vítimas, como local, nome e telefone delas. Após o recolhimento desses dados, o homem começa ameaçá-las, cobrando uma quantia em dinheiro. Ainda segundo o que foi apurado, Wagner ameaça suas vítimas se passando por um membro de um coletivo criminoso com atuação na região onde a vítima reside. Após serem notificados por meio de um Boletim de Ocorrência (B.O), a Delegacia Municipal de Aracati percebeu a semelhança nas mensagens e áudios passados pela vítima que sofreu as mesmas ameaças em Quixadá, e, após um trabalho de inteligência, conseguiu identificar que as mensagens vinham do mesmo local e pessoa. Com a identificação e localização dele, os investigadores entraram em contato com equipes da Delegacia Regional de Quixadá, bem como tiveram apoio da Secretaria de Ressocialização de Pernambuco (SERES/PE), que apreendeu dois celulares que estavam com o homem. Diante dos fatos, o homem foi autuado em flagrante pelo crime de extorsão. As investigações policiais continuam, pois há indícios que ele tentou aplicar o mesmo golpe em pessoas que moram nos municípios de Fortaleza, Eusébio, Aquiraz, Pacajus, Ubajara, Quixadá, Ipu, Barbalha e Russas. A Polícia Civil orienta que as vítimas devem registrar um boletim de ocorrência.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

“A Mulher Marginalizada”, documentário de Tuna Espinheira, reestreia em versão restaurada

No dia 26 de janeiro (quarta-feira), às 20h, o Cine Metha – Glauber Rocha recebe a estreia da versão restaurada do clássico documentário “A Mulher Marginalizada” (1989), do cineasta baiano Tuna Espinheira (1943-2015), exibido junto com o inédito “Cartas para o meu pai” (2022), dirigido por sua filha, Rosa Espinheira. A sessão conjunta será gratuita, com 100 ingressos distribuídos no local a partir das 17h, e conclui o projeto “O Cinema de Tuna”, idealizado pela própria Rosa e por Yara Espinheira – grande parceira de vida e profissão do artista. Com 30 minutos de duração, “A Mulher Marginalizada” se propõe a uma breve, porém profunda, análise dos motivos e caminhos que levam mulheres até esta antiga e estigmatizada profissão, a prostituição, além de sinalizar um conjunto de dificuldades por elas enfrentadas. Afastando-se de uma visão romantizada ou estigmatizada destas mulheres, elas são retratadas de forma desvelada, humana e pessoal, a partir de suas próprias histórias. Um recorte de tempos passados, mas rigorosamente atual, com a sensibilidade característica de Tuna, que contextualiza raízes do machismo e da misoginia, produzindo reflexões sobre o lugar da mulher na sociedade, sobre seus corpos, desejos e lutas, com abordagem das profundas condições de exclusão que ainda insistem em se reproduzir. SITE NO AR – Em mais de 40 anos de carreira, Tuna Espinheira deixou ao Brasil dezenas de filmes que compõem uma obra característica, patrimônio cuja história foi mapeada, resgatada e unificada pelo projeto “O Cinema de Tuna” em um site, no ar em www.cinemadetuna.com.br
Siga: www.instagram.com/cinemadetuna

Polícia Civil prende condenado por tráfico de drogas no Distrito Federal

Policiais civis da Delegacia Municipal (DM) de Macaíba deram continuação, nesta terça-feira (18), à 10ª fase da Operação Espectros, que resultou na prisão de Andreilson da Costa Marques, conhecido como “Suzuki”, 34 anos. Ele estava foragido da Justiça potiguar, após ser condenado pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, em decorrência da “Operação Cafife”, coordenada pela Delegacia de Macaíba. A ação aconteceu com apoio da Seção de Repressão de Drogas da 2ª Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal. Em desfavor de Andreilson da Costa, existia um mandado de prisão expedido para cumprimento de uma pena de reclusão de nove anos, em regime fechado. Ele foi detido em um lava-jato de sua propriedade, localizado em Águas Lindas de Goiás (GO), após compartilhamento de informações entre as Polícias Civis do Rio Grande do Norte e do Distrito Federal. A Delegacia de Macaíba investigou um grupo de traficantes e, dentro da “Operação Cafife”, foram processadas e condenadas quatro pessoas, três destas presas à época. Andreilson da Costa conseguiu fugir e, nesta terça-feira (18), após trabalho investigativo da equipe da Delegacia de Macaíba, ele foi localizado e preso, para iniciar o cumprimento da pena imposta. Outras três prisões já haviam sido realizadas na deflagração da 10ª fase da operação, nos estados do Amapá, da Bahia e outra em Goiás.
“Espectros” - O nome da operação faz alusão ao modo de vida dos condenados e suspeitos foragidos que, cientes das ordens de prisão, fugiram da localidade onde cometeram os crimes e passaram a agir como “fantasmas” na sociedade, objetivando não chamarem a atenção da polícia ou de pessoas que pudessem reconhecê-los, alguns buscando inclusive estados mais distantes para iniciarem um novo modo de vida. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número da DM de Macaíba: (84) 98114-4042.

Força Tática da PMCE apreende seis tijolos de maconha, arma de fogo e material para tráfico de drogas no bairro Genibaú, na Capital

Policiais militares da Força Tática da 1ª Companhia do 18º Batalhão da Polícia Militar do Ceará (PMCE) apreenderam, nessa quarta-feira (19), um revólver calibre 38, 29 munições cal. 38 e cinco de cal. 380; seis tijolos de maconha (3819g), trouxinhas de crack (30g), duas balanças de precisão, além de material para a comercialização dos entorpecentes. O material foi localizado no bairro Genibaú, em Fortaleza-CE. As diligências da composição iniciaram após informações repassadas acerca da localização de indivíduos suspeitos de tráfico de drogas. Com a chegada dos militares no lugar, os suspeitos empreenderam fuga, não sendo possível prender os indivíduos. Após buscas realizadas nas proximidades, o material ilícito foi encontrado. O registro da ocorrência foi realizado no 32º Distrito Policial (DP), que investiga o caso. Diligências continuam sendo feitas a fim de capturar os suspeitos. Informações acerca da identificação e/ou localização deles podem ser repassadas por meio dos telefones 181, ou 190. O sigilo é garantido.

domingo, 23 de janeiro de 2022

Gás Natural catarinense tem crescimento recorde em 2021

 
Fotos: Cassiano Ferraz/SCGÁS

Com 1.901 novos consumidores de Gás Natural, a SCGÁS bateu o recorde de ligações em 2021, crescimento de 11,36% em relação a 2020, o último melhor resultado. Para suportar o crescimento no número de clientes, a Companhia construiu 84 quilômetros de rede de distribuição no ano passado, crescimento de 51% em relação ao total de redes construídas em 2020. Ao todo, Santa Catarina concentra 18.634 clientes diretos, entre indústrias, unidades residenciais, estabelecimentos comerciais e postos de combustíveis, além dos 112.353 usuários de GNV (Gás Natural Veicular) conforme dados (julho/2021) do Denatran. Com 1.840 novas unidades no ano, o segmento residencial foi o que mais cresceu o número de clientes: 11,78%, o que materializa o resultado da parceria com construtoras e as destacadas vantagens do gás natural em centros urbanos verticalizados. No que se refere a investimentos para ampliação de rede, foram destinados R$ 70 milhões em projetos, materiais e obras de ampliação da rede no ano passado. Com 21 anos de distribuição, Santa Catarina já concentra mais de 1,3 mil quilômetros de rede. Atualmente, a rede passa por 69 cidades, incluindo a oferta através do modal de operação com GNC (Gás Natural Comprimido), no qual o insumo é distribuído por via rodoviária. Com esses dados, o Estado tem 23,39% das cidades com o insumo, segundo melhor índice nacional. Entre as obras de ampliação da rede realizadas, destaca-se o Projeto Serra Catarinense, com a construção de 17,4 km de rede, um investimento de mais de R$ 18 milhões. O projeto, que completou dez anos em 2021, vai levar a rede de distribuição até Lages saindo de Indaial. Desde 2020, Lages já é atendida pela rede local e isolada, projeto pioneiro em Santa Catarina, e abastecida com o modal GNC (Gás Natural Comprimido), que garante o fornecimento do energético ao município até a chegada da rede estruturante, prevista para 2024. Esse projeto contribui com a estratégia da concessionária de desconcentração da oferta de Gás Natural do litoral.



Destacam-se também investimentos em Garuva, para construção de 11 km de rede, interligando, principalmente, indústrias da região. No vale do Itajaí, foram construídos cerca de oito quilômetros de rede, para manter a estabilidade operacional do sistema frente ao aumento da demanda de gás na região. Além de obras para atender novas indústrias, foram realizadas obras de ampliação no mercado urbano em São José, Balneário Camboriú, entre outros. “Queremos levar Gás Natural para cada vez mais cidades catarinenses e estamos conseguindo, ampliando nossa rede e chegando em novas regiões. Em 2021, realizamos obras para ampliar a rede em todas as regiões que atendemos em Santa Catarina, seja para conectar novos clientes ou para melhorar e modernizar o abastecimento daqueles que já atendemos", destaca o Diretor Presidente da SCGÁS, Willian Anderson Lehmkuhl. O exercício anterior marcou também recordes de volumes de vendas, com aumento de 11,83% em relação ao distribuído em 2019, ano anterior à pandemia, e 19,85% quando comparado ao consumo de 2020. Com 334 indústrias, o setor produtivo foi o que mais utilizou o insumo, uma média de 1.826.369 m³/dia, valor que corresponde a 84% do total consumido no Estado. As indústrias catarinenses ocupam a quarta posição no consumo do país. No período, a SCGÁS ultrapassou a marca de 12 bilhões de m³ de gás natural fornecidos aos consumidores catarinenses nos 21 anos de operação. O mercado de GNV também registrou recordes em 2021. A frota catarinense consumiu 391 mil m³/dia do combustível em dezembro, melhor média histórica deste mês. Em 2021, o consumo de GNV cresceu 13%, maior patamar de vendas dos últimos noves anos, com alta acumulada de novos usuários (carros emplacados em Santa Catarina) de quase 25% em cinco anos, com mais de 21,7 mil novos usuários.



Resultados Econômicos
Pela primeira vez na história, a receita da concessionária ultrapassou os R$ 2 bilhões e a distribuidora encerrou o exercício de 2021 com lucro líquido de R$162,73 milhões, quase 80% do previsto. O resultado foi impactado, principalmente, pelos R$ 89 milhões de receita extraordinária referente ao processo de exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/COFINS. Esses resultados foram alcançados devido à segurança regulatória, pois a empresa retomou sua capacidade financeira e recuperação do caixa operacional, podendo ampliar ainda mais os investimentos para implantação de novas redes nos próximos anos. Alguns desafios também marcaram a última temporada, como a limitação na capacidade de transporte, o que dificultou a entrada de novos supridores. Na conjuntura internacional que afeta Santa Catarina, o ano também foi marcado pelo aumento dos custos de aquisição de molécula devido às cotações do dólar e, principalmente, do petróleo tipo brent, além do efeito inflacionário que assumiu caráter mundial.

Deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) testou positivo para Covid-19

O deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) confirmou na manhã desta sexta-feira, 21, através de teste laboratorial que está com Covid-19. “Estou com sinais leves da doença, quase assintomático, mas em isolamento completo em minha casa no Subúrbio Ferroviário. Minha companheira e minha filha mais velha entendem a situação, mas minha filhinha de dois aninhos não se conforma e bate na porta constantemente. Ela é de luta”, brinca o parlamentar. Ele lembra que por medida de segurança está isolado e longe de contato direto com as pessoas. “Tomei as doses da vacina e estou com sintomas leves. Só volto às atividades normais quando houver segurança para tanto. Mais uma vez, apelo para que todas as pessoas tomem a vacina e estimulem a vacinação de parentes e amigos. O governo federal não apresenta a menor responsabilidade com a saúde pública, nós não podemos seguir este exemplo nefasto. Que todos completem o esquema vacinal, usem máscaras, higienizem as mãos e façam o distanciamento social possível. Vamos superar quaisquer dificuldades de forma coletiva, organizada e unida como sempre”, conclui Hilton Coelho.

Nova base náutica de Itaparica impulsiona turismo na Baía de Todos-os-Santos

Consolidado como importante polo turístico da Baía de Todos-os-Santos, o município de Itaparica passa a contar com uma completa e moderna base náutica, que substitui a antiga marina. A obra foi entregue neste sábado (22), pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-BA). Foram investidos quase R$ 13 milhões, com recursos do programa Prodetur, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para impulsionar o turismo das águas na região. A base náutica dispõe de rampas móveis, cais de atracação flutuante, sede administrativa, posto de combustível e espaços para lojas, restaurante e lanchonete. São 36 vagas secas na área aberta e píeres com 114 vagas molhadas para embarcações. Em parceria com a população e os navegadores, a Setur-BA vai desenvolver ações socioambientais na localidade. “A partir de hoje, começa um novo ciclo no turismo náutico da Bahia, com a oferta desse equipamento de padrão internacional, que pode ser comparado aos melhores do mundo. Essa é a primeira entrega do Governo do Estado, de um conjunto de 12 intervenções de infraestrutura turística e ações nas áreas da cultura e meio ambiente, para fomentar a economia regional”, ressaltou o secretário estadual de Turismo, Maurício Bacelar. Com a inauguração da obra em Itaparica, o próximo passo será a abertura da licitação para a escolha da empresa privada que vai administrar o equipamento. Mas já está disponível a atracação de barcos, com serviço de vigilância. “Agora, o nosso município passa a ser um destino superqualificado no turismo náutico, o que abre caminho para outros atrativos que oferecemos, como a história, tradições e gastronomia. Esse movimento de visitantes vai gerar mais emprego e renda nas comunidades “, comemorou o prefeito de Itaparica, Zezinho Oliveira. Representando o trade turístico, o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), seção Bahia, Jean Paul Gonze, falou em parceria. “A Abav vai divulgar esse equipamento, que chega em um momento importante para o turismo, com o reaquecimento das atividades. Parabéns ao governo pelos investimentos em infraestrutura náutica”. Estiveram presentes também o comandante da Capitania dos Portos, capitão Paulo Gonzales; e o prefeito de Aratuípe, Professor Tone.