sexta-feira, 25 de junho de 2021

Presidente da Câmara dos Deputados quer calar mandato do PSOL, afirma deputado estadual Hilton Coelho

O deputado estadual Hilton Coelho (PSOL) apresenta “total solidariedade e apoio à deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) que recebeu uma interpelação extrajudicial do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) para que responda acerca das motivações de sua fala em plenário denunciando o cunho racista das declarações do presidente da Casa, sob pena de possíveis consequências jurídicas. Ora, o parlamento é local de debates e não para tentativas de intimidações baseadas em autoritarismo e ataque à democracia”, afirma. O parlamentar baiano detalha que “a deputada Talíria Petrone, durante a discussão de PL490, denunciou a fala racista de Arthur Lira, que classificou a ação dos indígenas como violenta, acusando-os de usar drogas, fumarem e ‘dançarem’ na Câmara, além de afirmar que os mesmos invadiram a ‘casa do povo’. Tudo isso de maneira pejorativa, preconceituosa e desqualificante. É a expressão clássica do racismo e o etnocentrismo anti-indígena do país, que os trata como incivilizados, insolentes, desordeiros. Se Talíria Petrone não chamasse de racismo, chamaria de quê?”, questiona Hilton Coelho. Hilton Coelho conclui afirmando que levará a discussão para a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) em busca de apoio ao direito do livre exercício do mandato conquistado nas urnas pelo PSOL do Rio de Janeiro através da deputada Talíria Petrone. Assim como minha companheira, reafirmo que o racismo é tão violento que, ao desumanizar, desqualificar e hierarquizar povos e sujeitos, acaba por impor uma lógica de mundo e vida da classe dominante. Para piorar, a tentativa de calar uma deputada negra, socialista, feminista, mulher eleita para defender as pautas e os direitos do nosso povo, representa um atentado à democracia. Repudio qualquer tentativa de racismo e silenciamento de Talíria Petrone. Estamos juntos na resistência e luta em defesa da democracia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário