sábado, 4 de setembro de 2021

Palestra on-line mostra como produzir fruteiras de clima temperado em ambiente tropical

Nesta quarta-feira (8), a Embrapa Cerrados dá prosseguimento à Capacitação em Fruticultura Tropical com a palestra “Frutas temperadas: sistema de produção em ambiente tropical”, com o pesquisador Paulo Lopes, da Embrapa Semiárido (Petrolina, PE), a partir das 9h no canal da Embrapa no YouTube. Pesquisas realizadas pela Embrapa Semiárido têm demonstrado a possibilidade de cultivo de espécies de clima temperado com potencial econômico para as áreas irrigadas do Semiárido brasileiro. As culturas da macieira, da pereira e do caquizeiro foram introduzidas e avaliadas em Petrolina buscando novas opções de cultivo para os produtores da região. Resultados de pesquisas com essas culturas no Vale do São Francisco têm demonstrado possibilidades de produção em condição semiárida tropical. No Vale do São Francisco e na Serra da Ibiapaba (CE), foram instaladas unidades de observação onde foram obtidas produtividades de 10, 22 e 42 t/ha, em três safras consecutivas, de maçã, produzida tradicionalmente nas regiões Sudeste e Sul do País. A pereira também tem apresentado importantes resultados na produção de frutas. Já foram identificadas cinco variedades com potencial de produção, alcançando produtividades de 60 t/ha. O caquizeiro é outra frutífera que vem demostrando grande potencial de produção, com quatro variedades com potencial de produção já identificadas. De acordo com as pesquisas, o caqui poderá ser produzido no período de entressafra nacional (julho a março) aproveitando as condições climáticas da região semiárida, o que vai possibilitar aos produtores melhores preços no mercado. “A busca de novas opções de cultivo para as áreas irrigadas é uma ação estratégica, no intuito de promover a diversificação da produção, aumentar a eficiência e rentabilidade das pequenas, médias e grandes propriedades dos perímetros irrigados do Nordeste”, afirma Paulo Lopes. “O projeto que introduziu e avaliou o desempenho em condições diferenciadas das de clima temperado, mostrou que é, sim, possível cultivar macieira, pereira e caquizeiro no Nordeste do Brasil”, comenta a chefe-adjunta de Transferência de Tecnologia da Embrapa Semiárido, Rita Faustino. Ela acrescenta que os resultados das pesquisas também buscam a possibilidade de aumentar a eficiência e a rentabilidade das pequenas, médias e grandes propriedades dos perímetros irrigados do Nordeste. “A parceria entre a Embrapa Semiárido e a Embrapa Cerrados para a realização da capacitação em fruticultura tropical, com a apresentação de nossa experiência com espécies de clima temperado, cultivadas em condições semiáridas e irrigação, possibilitará o aumento do conhecimento e a possível aplicação em outros ambientes à exemplo dos cerrados”, completa Rita. Segundo o chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Cerrados, Fábio Faleiro, a demanda por ações de pesquisa, inovação e transferência de tecnologia sobre o cultivo de frutas temperadas na região do Cerrado é crescente. “A experiência bem sucedida do cultivo de frutas temperadas no Semiárido está sendo validada com sucesso na região do Cerrado. Nesse sentido, as parcerias entre as unidades da Embrapa, Emater e os fruticultores são estratégicas para potencializar o cultivo das frutas temperadas no Cerrado, gerando oportunidades de negócios, empregos e renda no campo e na cidade”, afirma. A Capacitação em Fruticultura Tropical é uma realização da Embrapa Cerrados, Emater-DF e Superintendência Federal de Agricultura DF (Mapa), em parceria com Emater-MG, Emater-GO, Senar e da Rota da Fruticultura da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride).

Nenhum comentário:

Postar um comentário