quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Mais de 1.400 golfinhos, incluindo mães grávidas e crias, foram abatidos nas Ilhas Faroé


 Os golfinhos são uma das espécies mais inteligentes da Terra. Eles compreendem a alegria... e o luto. Imagine o terror que enfrentaram naquela baía tenebrosa. Isto tem de parar! O Primeiro Ministro das Ilhas Faroé comprometeu-se a rever os regulamentos da caça -- mas agora há um grande risco de que essa revisão seja apenas superficial. Não podemos deixar isso acontecer -- com um milhão de vozes, vamos exercer uma enorme pressão sobre o Primeiro Ministro por uma moratória urgente e uma revisão científica completa. Todas as assinaturas e partilhas nos meios de comunicação social somam a essa pressão. Assine antes que a próxima caçada aconteça: ASSINE AGORA! O nosso frágil planeta precisa de uma voz. E, repetidamente, erguemos a nossa voz para acabar com as cruéis exportações de animais vivos, a brutal agricultura industrial, os testes em animais e as práticas culturais que infligem sofrimento àqueles com quem partilhamos este belo lar. Cada ser na Terra faz parte da mesma teia da vida, e agora tornou-se claro que a humanidade está a rasgar demasiadas de suas fibras, e nós temos de mudar. No fundo, sabemos disso. Esta campanha não se trata de expor as pessoas, mas de nos convidar a uma versão melhor de nós mesmos, que honre e cuide da natureza, respeitando o nosso papel na grande teia da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário