terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Uesb auxilia vítimas das enchentes na Bahia

Diante dos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram o Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia no mês de dezembro, a Uesb soma esforços no sentido de oferecer ajuda às vítimas das enchentes nas três cidades onde está inserida. Desse modo, desabrigados de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista têm recebido o apoio de funcionários da Instituição para que possam recuperar o que foi levado pelos temporais. Além do apoio com a arrecadação de alimentos, água, roupas, materiais de higiene e cadastro de famílias, a Universidade também disponibilizou o empréstimo de veículos e espaços físicos, como a Clínica de Fisioterapia, em Jequié. “A Clínica Escola de Fisioterapia da Uesb está à disposição no município de Jequié, com consultórios e com equipamentos à disposição da Secretaria de Saúde, para auxiliar nesse momento como centro de referência para pessoas com síndrome gripal. Estamos imbuídos no intuito de auxiliar, cooperar e nos irmandar com a nossa comunidade”, destaca a professora Jamine Araújo, coordenadora da Clínica. No campus de Itapetinga, a Uesb contribuiu com ações emergenciais e firmou uma parceria com dois digital influencers (@desritimei e @jaddemarcelly), que reuniram outros jovens da cidade para ajudar as vítimas. “A Universidade presta o apoio auxiliando a organização no planejamento, na logística de distribuição e de cadastramento das famílias com a doação de ovos produzidos pelo Setor de Aves do curso de Zootecnia”, esclarece Luciano Lima, coordenador de Extensão, Esportes e Cultura da Uesb. “A Universidade empresta seu espaço físico, a mão de obra dos motoristas e dos seus veículos para que essa distribuição seja feita in loco”, completa. Ovos produzidos pelo setor de aves do curso de Zootecnia fizeram parte das doações (Foto: Acervo pessoal). Informação – Em Vitória da Conquista, a ajuda também chega em formato de notícias, com o trabalho desenvolvido pela equipe de profissionais do Sistema Uesb de Rádio e TV Educativas (Surte). Além dos tradicionais programas jornalísticos veiculados na TV Uesb e na Uesb FM, boletins especiais sobre os problemas ocasionados pelas chuvas, condições climáticas, das estradas, bairros, povoados e distritos são transmitidos com informações de qualidade às comunidades. “Foi um período bastante difícil, a gente nunca tinha feito uma cobertura tão difícil quanto essa aqui na nossa região e foi bem interessante porque a gente tinha parte da equipe espalhada em alguns municípios, e essas pessoas trouxeram essas informações direto dos municípios de Jequié, Itambé, Macarani, Eunápolis. Foi um trabalho muito coeso, muito difícil de fazer, mas a equipe inteira estava muito empenhada em levar essas informações sobre campanha e de contribuir para minimizar, de alguma forma, o sofrimento das famílias que perderam tudo”, explica Cíntia Garcia, coordenadora de Jornalismo das emissoras. A jornalista Cristiane Santana apresentou os programas Uesb Notícias, na Uesb FM e TV Uesb, em edições especiais sobre as chuvas na Bahia. Agradecimento – Mesmo estando de recesso ou férias, muitos servidores da Uesb ajudaram os desabrigados. “Agradecemos os professores da Universidade e os amigos que contribuíram para a compra de alimentos, cobertores, água mineral para que a gente pudesse dar esse suporte emergencial”, revela Lima. Ainda segundo ele, 387 famílias foram cadastradas e assistidas com cestas básicas, kit de higiene, colchões, cobertores, roupas, água mineral, fraldas descartáveis para crianças e idosos. Lima também explica a importância do papel social exercido pela Uesb. “A Universidade não está fazendo nenhum trabalho político partidário, porque a função dela não é essa. Estamos aqui para agregar com a Prefeitura, com o Governo do Estado, com a juventude, com as pessoas de boa vontade, porque o principal interesse é atender as demandas dessas famílias que estão tão sofridas”. Muitas roupas também foram arrecadadas para as famílias desabrigadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário