sexta-feira, 6 de maio de 2022

Itabuna ganha novo espaço para a cultura e as artes

Itabuna ganha hoje (6), um novo espaço ligado a cultura e as artes, o Centro Cultural Teosópolis Cacilda Lourenço Silva. Mantido pela Associação de Beneficência e Cultura Teosópolis, o Centro será inaugurado às 18h30min e funcionará na antiga Casa Pastoral da Igreja Batista Teosópolis de Itabuna, que foi inteiramente reformada, localizada na Rua C, 298, Praça dos Eucaliptos, no bairro da Conceição, em Itabuna. Geraldo Meireles, pastor da Teosópolis e um dos idealizadores do equipamento, diz que o Centro Cultural pertence a Itabuna e região e a sua população, e está convidando todos a participar do ato de inauguração. “É um espaço cultural que busca recuperar a nossa história”, destacou. Para marcar a abertura do Centro, os visitantes poderão conferir a exposição “Toponímia de Itabuna: ruas e avenidas revelam histórias”. O local abrigará o Centro de Memória Teosópolis, fundado em 2013, e a Escola de Música Sacra de Itabuna (Emusita), com 34 anos de existência. O espaço busca recuperar a história por meio de exposições temporárias e pela exposição permanente sobre a história dos Batistas na região e a vida e obra do pastor Hélio Lourenço da Silva. Já na recepção, os visitantes receberão autorização para uma visita guiada para o Centro de Memória ou para aulas de música. Na sala Brilho Celeste, os alunos contarão com aulas de canto e instrumentos de teclado, cordas e sopro. Outra sala de aula é reservada ao estudo da bateria. No local também funcionará a Emusita, que também conta com dois ambientes compartilhados: o espaço de convivência e um moderno auditório. Já o Centro de Memória Teosópolis terá como percurso inicial a exposição permanente. No espaço de convivência, as pessoas podem se confraternizar, descansar e, também, fazer o registro da visita, através de fotos. O Centro Cultural contará com um moderno espaço multifuncional, o auditório Olga Ribeiro. O Centro Cultural funcionará em parceria com a Prefeitura de Itabuna e com a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). “Estará à disposição da comunidade como um lugar de cultura e resgate da cidadania, porque um povo sem história é um povo sem memória, e um povo sem memória é um povo sem identidade”, afirma a professora Janete Ruiz Macedo, do Centro de Documentação e Memória Regional (Cedoc) da Uesc. “Que o Senhor continue nos abençoando e ampliando a nossa visão para que possamos sempre enxergar o ser humano em todas as suas dimensões. Oferecendo-lhe Palavra de Vida, alivio e formação cidadã. Parabéns, Teosópolis! Parabéns Itabuna!”, ressalta o pastor Geraldo Meireles, um dos idealizadores do equipamento.
Maiores informações e entrevistas sobre o tema:
João Blohem-Assessor de Comunicação (73)99933-3928
Geraldo Meireles- Pastor Presidente da Teosópolis (73) 98822-0068
Janete Ruiz Macedo- Centro de Documentação e Memória Regional (Cedoc) da Uesc.(73) 99981-0045

Nenhum comentário:

Postar um comentário